Belém terá a maior unidade da Casa da Mulher Brasileira no país

Navegue pelo conteúdo

[ad_1]

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, esteve em Belém nesta quarta-feira (7) para lançar o projeto de construção da maior unidade da Casa da Mulher Brasileira já construída pelo governo federal até agora.

O complexo faz parte do programa nacional “Mulher, Viver sem Violência”, desenvolvido Ministério das Mulheres. Segundo informações oficiais, compreende um centro de atendimento humanizado e especializado no atendimento à mulher em situação de violência doméstica, reunindo em um mesmo espaço Juizado Especial voltado para o atendimento; núcleo especializado da Promotoria, núcleo especializado da Defensoria Pública, Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, alojamento de passagem, brinquedoteca, apoio psicossocial e capacitação para a sua autonomia econômica. 

“Nós temos em Ananindeua, uma casa em andamento e agora vamos ter uma casa com maior padrão existente nacionalmente aqui na capital de todos os paraenses”, reforçou Dino em evento na cidade, que contou com a presença do governador do Pará, Hélder Barbalho e do prefeito Edmilson Rodrigues.

Além disso, o governo federal realizou entrega de viaturas em atendimento aos casos de violência contra a mulher. A agenda de Flávio Dino incluiu ainda a entrega de equipamentos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci 2).  Os recursos utilizados para a compra dos equipamentos são do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP) e somam mais de R$ 20 milhões.

Atualmente, o Brasil conta com sete unidades da Casa da Mulher Brasileira em funcionamento. O objetivo do governo federal é que todas as capitais brasileiras contem com o serviço até o fim da atual gestão.

Saiba quais são as unidades existentes:

Campo Grande: Rua Brasília, lote A, quadra 2, s/ nº, Jardim Imá

Curitiba: Av. Paraná, 870 – Cabral

Fortaleza: Rua Tabuleiro do Norte com Rua Teles de Sousa, Couto Fernandes

São Paulo: Rua Vieira Ravasco, 26, Cambuci

Boa Vista: Rua Uraricoera, S/N, São Vicente

Brasília: CNM 1, Bloco I, Lote 3, Ceilândia

São Luís: Av. Prof. Carlos Cunha 572 /Av. Euclides Figueiredo, Jaracaty

Por Agência Brasil

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Deixe seu comentário